Conheça opções além do SISU e Prouni

No início de cada milhares de jovens brasileiros buscam a oportunidade de entrarem em Universidades para darem início a sua vida acadêmica de nível superior. Porém, muitos desses jovens não possuem condições financeiras suficientes para pagar as mensalidades das Universidades particulares.

Portanto, programas como o SISU e Prouni, que garantem cursos gratuitos, possuem grande procura.  

Procura pelo SISU e Prouni

Após milhares de estudantes brasileiros realizarem a prova do ENEM, existe uma verdadeira ansiedade para a chegada de janeiro. Afinal, é neste mês em que os estudantes podem utilizar sua nota ENEM, para ingressar em Universidades públicas ou privadas em todo o país.

O principal portal para de entrada de estudantes nestes centros de educação em nível superior, é sem dúvidas o SISU. Por meio do SISU, os estudantes podem escolher até 2 opções de cursos para concorrer uma vaga em qualquer Universidade pública brasileira.

Desse modo, praticamente todos que fizeram o ENEM, tentam concorrer as vagas disponíveis no SISU. Afinal, existem muitos estudantes brasileiros que não possuem condições financeiras para arcar com as mensalidades de Universidades privadas.

Deste modo, as Universidades públicas que disponibilizam suas vagas através do SISU é a melhor oportunidade.

Mas, além do SISU, ainda existe a opção do Prouni. Este programa permite o financiamento de metade ou até integral de todo o curso que o estudante desejar frequentar em Universidades da rede particular de ensino.

Deste modo, assim como o SISU, milhares de alunos se inscrevem todos os anos neste programa educacional.

Opções além do SISU e Prouni

Porém, mesmo que o Prouni e o SISU sejam os programas educacionais mais procurados, ainda assim, existe outros que podem ajudar tanto quanto esses dois.

Confira mais informações abaixo:

  • FIES:

O FIES 2020, é um programa do Governo brasileiro que permite que os estudantes selecionados pelo programa possam ter acesso a um financiamento especial que deverá ser utilizado apenas para o pagamento da Universidade.

Deste modo, o estudante que optar pelo FIES, poderá financiar totalmente seu curso. Assim, será possível frequentar o curso sem ter de se preocupar com o pagamento das mensalidades, tendo apenas de paga-las somente após a sua formatura.

  • Quero Bolsa:

Diferente dos programas acima, o Quero Bolsa não pertence ao Governo brasileiro, ele é uma iniciativa privada. Porém, não cobra nenhum valor de seus membros cadastrados.

Por meio do Quero Bolsa, os inscritos no site poderão procurar por bolsas de estudos em qualquer curso que desejar e caso possua no site, o estudante poderá ganhar bolsas de estudos que vão de 305 até bolsas integrais em alguns cursos.