Saiba como estudar em uma faculdade particular com auxílio de descontos

A graduação no ensino privado pode acabar sendo u peso no orçamento do estudante e por isso, cada vez mais pessoas estão buscando opções para começar o seu curso pagando menos. Estamos falando de programas que auxiliam você a conquistar o seu diploma através de um valor mais acessível.

FIES

Você já ouviu falar do FIES? O programa está no ar há alguns anos e tem a proposta de oferecer financiamento estudantil a juros acessíveis para os estudantes de renda média ou baixa.

O programa proporciona bolsas parciais e integrais, e quem quer participar das inscrições FIES 2020 precisa estar atento aos requisitos de participação para o programa.

Em primeiro lugar, é preciso participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), uma vez que os estudantes concorrem às bolsas a partir de sua pontuação na prova.

Mas não é considerada só a participação, pois o estudante também precisa estar na média dos 450 pontos e não ter zerado a prova de redação do Enem para concorrer às vagas.

Estando de acordo com os parâmetros de renda igualmente, é só acessar o site do FIES e se inscrever. O estudante será comunicado sobre as novidades do processo seletivo através dos dados de contato informados.

Se aprovado, o bolsista do FIES fica sujeito a cumprir o pagamento trimestral de R$150, que contribui diretamente para a continuação do programa e só precisa começar a pagar o valor do financiamento alguns meses depois de concluir o seu curso!

PROUNI

O Programa Universidade Para Todos (PROUNI) é um dos sistemas oficiais de distribuição de vagas através do Enem e é responsável pelas bolsas da rede particular.

Assim como o FIES, o programa também dispõe de bolsas parciais e integrais que podem ser conquistadas através da pontuação no Enem e da renda média da categoria escolhida.

Para se inscrever no Prouni, o estudante deve alcançar pontuação mínima de 450 pontos e não zerar a redação, mas vale lembrar que essa média não garante a aquisição da bolsa de estudos.

É interessante ressaltar que a inciativa é válida somente para estudantes que concluíram o ensino médio na rede pública ou na rede particular como bolsista integral.

O Prouni abre vagas duas vezes por ano: no começo do primeiro semestre letivo, em que a concorrência é maior; e no começo do segundo ano letivo, em que a concorrência é mais branda.